09/05/2016

TERMO CIRCUNSTANCIADO ELABORADO PELA POLÍCIA MILITAR DE GOIÁS- Reunião no MP define atuações de órgãos de segurança em jogos após PM ser autorizada a regis

O Grupo de Atuação Especial em Grandes Eventos do Futebol (GFUT) do Ministério Público de Goiás realizou, na segunda-feira (2/5), reunião para mediar diálogo entre o Batalhão de Eventos da Polícia Militar e a Polícia Civil, a fim de harmonizar a atuação dos órgãos no âmbito do Juizado do Torcedor. A definição das atuações de cada órgão mostrou-se necessária depois que o Provimento nº 18/2015 da Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça de Goiás foi expedido, permitindo que a PM registre Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO).

Além do promotor Ramiro Carpenedo Martins Netto, coordenador do GFUT, estiveram presentes os delegados Josuemar Vaz de Oliveira e Pedro Garcia Caires, e o comandante do Batalhão de Eventos da PM, tenente-coronel Clauber Freitas Andrade. Ao fim da reunião, restou acordado que tanto a PM quanto a Polícia Civil encaminharão ao MP relatório circunstanciado sobre as carências estruturais do Estádio Serra Dourada, o que tem atrapalhado a atuação dos órgãos de segurança pública.

 (Texto: Ana Carolina Jobim – Estagiária da Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Supervisão de estágio: Ana Cristina Arruda)

Fonte: http://www.mpgo.mp.br/portal/noticia/reuniao-no-mp-define-atuacoes-de-orgaos-de-seguranca-em-jogos-apos-pm-ser-autorizada-a-registrar-ocorrencias#.VzEDXvkgvIV