01/02/2016

DEP FEDERAL RAUL JUNGMANN DEBATE COM GOV SP ALCKMIN A REFORMA DAS POLÍCIAS INCLUINDO CICLO COMPLETO

O projeto divide a opinião das polícias: de um lado, os policiais civis, contrários à unificação das corporações; e do outro, os policiais militares, favoráveis à junção e ao acréscimo das atribuições de Polícia Judiciária, com poderes para investigação.

“Este é um projeto extremamente importante para o País, que necessita urgentemente de uma reforma na Segurança Pública. Essa área, por sinal, foi a única que não sofreu modificações desde a Constituição de 1988”, pontuou Raul Jungmann. “A quantidade de crimes cometidos no Brasil ao ano comprova que é preciso agir rápido para melhorar o sistema, fortalecendo as polícias de modo que consigam combater os bandidos e apurar os delitos com eficiência”, acrescentou o parlamentar.

Durante o segundo semestre do ano passado, Raul Jungmann levou esse debate para as principais capitais do País, através do seminário Ciclo Completo de Polícia, com ampla participação de representantes dos bombeiros, das polícias civil e militar, da Polícia Rodoviária Federal, do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e de organizações sociais.

Antes do recesso parlamentar, o relatório pela admissibilidade das propostas foi apresentado pelo deputado pernambucano na CCJ. A votação do parecer deve acontecer logo nas primeiras semanas após o retorno ao trabalho na Câmara dos Deputados.

 

País necessita urgentemente de uma reforma na segurança pública, defende Jungmann